Ler no ônibus causa o deslocamento da retina?

13/06/2014 22:51

Saiba as causas reais do problema e como se prevenir
 
 
 
Faça um teste e tire um livro da bolsa para ler no ônibus. Pode ser que demore um pouco, mas é praticamente fato que algum passageiro, por boa vontade, diga para você: "ler no ônibus faz mal para a vista porque ele balança o tempo todo e pode descolar a retina". Há também quem diga que ler no metrô é melhor que a primeira opção, pois a pista tem menos desnivelamentos que o asfalto. 
 
De acordo com André Souza Soares Maia, oftalmologista especialista em doenças da retina, "todas estas crenças não passam de mito". "O máximo que a pessoa pode ter é enjôo e dor de cabeça com leitura no trânsito. O risco de descolamento de retina de quem está lendo é o mesmo de quem não está. Pode acontecer caso ocorra uma freada brusca e se a pessoa tiver uma lesão predisponente", completa. 
 
Segundo o médico, o descolamento da retina é normalmente um desdobramento de lesões, trações e/ou micro-roturas predisponentes, que podem evoluir com infiltração ou descolamento na retina, especialmente quando ocorre um trauma na cabeça. "Este impacto pode fazer com que os olhos se movimentem de uma forma muito brusca. É por isso que vários lutadores de boxe e jogadores de futebol são propensos a terem este transtorno e precisam fazer um exame chamado mapeamento de retina, pelo menos, uma vez ao ano", explica. 
 
Outro grupo que possui chances de descolar a retina são os míopes, conta André Souza Soares Maia. "Eles também precisam se consultar, anualmente, mesmo que não apresentem os sintomas de lesão, que são flashes luminosos e pequenos pontos que se movem no campo visual", afirma. 
 
Pessoas acima de 60 anos também tendem a apresentar problema e devem fazer um controle periódico. "No caso delas, o descolamento acontece devido a alterações que se espera encontrar nesta idade, fazendo com que a retina sofra modificações que podem predispor ao deslocamento", esclarece Maia. Ele acrescenta que entretanto, “é necessário ter em mente que todos estão sujeitos a alterações da retina, mesmo os que não se enquadram nestes grupos". 
 
Quando ocorre de fato o descolamento da retina, o principal sintoma é a perda súbita de uma parte do campo visual superior, inferior ou lateral e nasal. “A única forma de tratar o transtorno é por meio de uma cirurgia e a recuperação depende da extensão da área afetada e do tempo levado para procurar atendimento médico especializado”, diz André Souza Soares Maia. De acordo com o oftalmologista, se o problema for tratado em uma semana e/ou não atingir a área central, as chances de recuperação são boas. Se for entre três e quatro semanas e/ou não atingir a área central, são razoáveis. No entanto, se passar de quatro semanas, são ruins. "Em alguns casos nem operamos o paciente, pois a relação risco X benefício não compensa", afirma, salientando a importância do acompanhamento: "a prevenção através do exame é bem mais simples que a cirurgia. Se o paciente tiver lesão predisponente, haverá condições de tratá-lo e deixá-lo seguro, zerando a possibilidade de descolamento".
 
 
  
   BOA LEITURA A TODOS!!!

Voltar

Tópico: Ler no ônibus causa o deslocamento da retina?

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contato

Literatura Para O Saber

BOA LEITURA!!! © 2014 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuito

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!